Depois de se reunir com o Comitê e com vereadores Celso resolve manter o comércio aberto.

Por Harlis Barbosa 29/07/2020 - 16:24 hs
Foto: H.Barbosa/Canon/T6i-2020/MT/Brasil.
Depois de se reunir com o Comitê e com vereadores Celso resolve manter o comércio aberto.
Montagem hbsportnews

O Comitê Municipal de Prevenção, Orientação e Enfrentamento ao Covid 19 se reuniu ontem 29/07/2020 na área destinada ao estacionamento da prefeitura de Colniza para analisar a situação do município que já ocupa lugar de destaque na escala classificatória relativa a gravidade no estado.

Representantes do comitê juntamente com o promotor Aldo Kauamura MP/MT, CDL, Policia Militar, secretário municipal de saúde Jose Vanderlei, e outros interessados decidiram que não mais existirá barreiras e que os servidores serão remanejados para a fiscalização, vários assuntos tiveram que serem adiados, pois dependia da aprovação da Lei que torna legal a aplicação de multas em valores a serem definidos com base na Unidade Fiscal de Referência do Município (UFRM), Lei esta que foi aprovada por sete votos a dois naquela casa de leis.

E hoje 29/07/20 o prefeito Celso se reuniu com Vereadores, CDL, e comerciantes no espaço destinado para tal, após o assunto ser sabatinado decidiu se que o comércio continuará funcionando normalmente, desde que se cumpram as determinações da Vigilância em Saúde do município.

Além do Prefeito Celso L. Garcia, secretário Municipal de Saúde José Vanderlei, do Advogado Assessor do prefeito Dr. Aramadson Barbosa, a Secretária de Administração Silvana Rezer, a Chefe de Gabinete Larissa, também estiveram presentes o advogado previdenciário Dr. Matheus, Dr. Cezar Henrique Barbosa da assessoria jurídica da Câmara Municipal, o presidente do CDL Colniza Rondinely Matheus Costa, empresário Nego da loja Trento Eletromóveis, os Vereadores Oseias, o presidente da Câmara Jesineison Brandão, Clínio Tomazi, Silvano (Boy), Marquinhos, Valter, Sargento Rodolfo.

Ao final ficou decidido que não haverá Lockdown nem qualquer decreto que restrinja o direito de ir e vir, porem a partir desta data fica claro que os ficais poderão multar a todos os infratores das normas da Vigilância em Saúde do município e a penalidade será convertida em valores reais.

O fato de o município de Colniza ter figurado na área de risco fez com que providências fossem tomadas, e todos os presentes na reunião foram unânimes no pensamento de que não podemos fechar novamente, e penalizar os infratores agindo com os rigores da Lei.