COLNIZA

Patrolamento do assentamento Capa

Vereador Agnaldo Drumões acompanhou Miltinho em sua ultima viagem e aproveitou para agendar o inicio do patrolamento das linhas do assentamento Capa.

Publicados

em

HB/CANON/T7/2021/MT/BRASIL

O Vereador do município de Colniza Agnaldo Drumões esteve nesta semana juntamente com o chefe do executivo na cerimonia em que o município foi agraciado com quatro maquinas do projeto do Governo Estadual que visa estruturar prefeituras e consórcios para fazer a manutenção de estradas em todo o estado.

Esses equipamentos fazem parte do primeiro lote de máquinas que serão repassadas pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra). No total, o Estado adquiriu 175 máquinas e equipamentos, com investimento da ordem de R$ 96,5 milhões oriundo do Mais MT, maior programa de obras e ações da história de Mato Grosso Neste primeiro lote, serão entregues 74 máquinas, sendo 46 motoniveladoras, 14 pás-carregadeiras e 14 escavadeiras hidráulicas, para 10 prefeituras, 10 consórcios e duas associações conveniadas com a Sinfra.

O vereador Agnaldo esteve neste evento representando o município, e também esteve juntamente com o prefeito Milton Amorim na concessionária onde foi adquiridos dois veículos tipo caminhonete que servirá a Secretaria Municipal de Educação.

Leia Também:  COMITIVA DA ADMINISTRAÇÃO VAI ATÉ TRÊS FRONTEIRAS E CONSTATA TRABALHOS EXECUTADOS E EM ANDAMENTO CLASSIFICADOS COMO EXCELENTES.

Agora a preocupação do parlamentar é com o inicio das oras de patrolamento das linhas do assentamento Capa previsto segundo o Prefeito Miltinho para o final deste mês de Junho.

Agnaldo crê e aguarda o dia em que estas linhas que estão sem passar a maquina mais de seis anos voltem a ficar trafegáveis.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

COLNIZA - MT

Após Homologação da Vara do Trabalho de Juína hospital de Colniza vai receber aparelho de raio-x móvel

Publicados

em

Foto Internet

A Vara do Trabalho de Juína, no norte de Mato Grosso, homologou um acordo que prevê a entrega de um aparelho de raio-x móvel para o Hospital Municipal André Maggi, de Colniza, localizado na fronteira com os estados do Amazonas e de Rondônia.

A perspectiva é que o equipamento propicie o acesso da população a melhores diagnósticos e tratamentos médicos, sem necessidade de se deslocar para outras cidades.

A conciliação pôs fim a dois processos envolvendo a empresa Líder Construções Elétricas, ambos movidos pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) devido a irregularidades que levaram a morte de um empregado e desrespeito à contratação de pessoas com deficiência.

Inicialmente, o juiz Adriano Romero, titular da Vara de Juína, propôs que a conciliação resultasse na construção, pela empresa, de infraestrutura para levar energia elétrica até uma comunidade de 200 famílias localizadas na zona rural de Colniza. A proposta acabou não se concretizando pelos custos previstos com o projeto.

Foi sugerido, então, a compra do raio-x para equipar o hospital municipal.

Pelo acordo, a empresa se comprometeu a comprovar a compra do equipamento em até três meses e depois efetuar a entrega.

Leia Também:  Sinalização de via na Vila de Salvação diminui risco de acidentes.

Em caso de descumprimento da conciliação, a execução voltará a correr pelos valores estabelecidos nas decisões judiciais, acrescidos dos juros e correções monetárias.

Destinações

O direcionamento de recursos oriundos de condenações por danos morais coletivos para projetos e ações que atendam a sociedade já é comum na Justiça do Trabalho em Mato Grosso. O foco é reverter os valores pagos por empresas para a própria comunidade, lesada pelo desrespeito à legislação trabalhista.

Fonte: Juína News

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

COLNIZA

CIDADES

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA