COLNIZA

ESPORTES

Prêmio Brasileirão 2020: confira os eleitos para a seleção do campeonato nesta temporada

Publicados

em

Em cerimônia na noite desta sexta-feira, na sede da CBF, foram anunciados os melhores do Campeonato Brasileiro de 2020, vencido pelo Flamengo. O meia do Bragantino, Claudinho, foi eleito o melhor jogador da competição e também a revelação do campeonato.

Um dos atacantes eleitos, Marinho, que testou positivo para Covid-19, mandou mensagem por vídeo agradecendo os votos e mandando saudação aos torcedores do Santos. Fagner, em tratamento de lesão, também não pode comparecer.

Confira a seleção do Campeonato Brasileiro de 2020:

  • Goleiro: Weverton (Palmeiras)
  • Lateral-direito: Fagner (Corinthians)
  • Zagueiro: Cuesta (Internacional)
  • Zagueiro: Gustavo Goméz (Palmeiras)
  • Lateral-esquerdo: Guilherme Arana (Atlético-MG)
  • Meia: Edenilson (Internacional)
  • Meia: Gerson (Flamengo)
  • Meia: Claudinho (Bragantino)
  • Meia: Vina (Ceará)
  • Atacante: Gabigol (Flamengo)
  • Atacante: Marinho (Santos)
  • Técnico: Abel Braga (Internacional)

Por conta da pandemia, a CBF adotou um protocolo de segurança para o evento no qual apenas os premiados puderam circular pelo auditório, sem convidados. Todos os que tiveram acesso ao evento, entre premiados e envolvidos na organização, tiveram de passar por testes, de acordo com a entidade.

Apenas pela segunda vez desde que o prêmio foi criado pela CBF, em 2005, o clube campeão escalou apenas dois nomes na seleção do campeonato. Antes do Flamengo com Gerson e Gabigol em 2020, apenas o Corinthians em 2011 teve só dois representantes: Ralf e Paulinho.

Leia Também:  Brasil supera o Japão e garante vaga na Super Final da Liga Mundial

Campeões na seleção do campeonato:

  • 2005 – 5 do Corinthians
  • 2006 – 5 do São Paulo
  • 2007 – 6 do São Paulo
  • 2008 – 3 do São Paulo
  • 2009 – 3 do Flamengo
  • 2010 – 3 do Fluminense
  • 2011 – 2 do Corinthians
  • 2012 – 5 do Fluminense
  • 2013 – 5 do Cruzeiro
  • 2014 – 6 do Cruzeiro
  • 2015 – 6 do Corinthians
  • 2016 – 8 do Palmeiras
  • 2017 – 5 do Corinthians
  • 2018 – 4 do Palmeiras
  • 2019 – 9 do Flamengo

A exemplo de 2019, esta edição do Prêmio Brasileirão tem categorias iguais para homens e mulheres, eleitos por votos de um colegiado de capitães, jogadores e jornalistas especializados, entre os dias 5 e 19 de fevereiro. Ao todo, serão 34 premiações individuais para atletas e treinadores.

Confira o que os premiados falaram:

Arana: “Foi uma das melhores temporadas que tive. Alcancei sonhos, que foi vestir a camisa da seleção brasileira. Agradeço a minha família, que está sempre ao meu lado. É o fruto do meu trabalho”.

Weverton: “Gratidão a Deus por estar aqui desfrutando deste momento. Goleiro quanto menos aparece é melhor. Ser goleiro é muita responsabilidade. Eu gosto de ser discreto, com minha defesa segura”.

Gerson: “Feliz por estar aqui mais uma vez. Pela segunda vez. Conseguimos ganhar o título nas últimas rodadas. Campeonato muito difícil, mas conseguimos alcançar o objetivo. Depois de muito aperto no coração saímos campeões. Continuar trabalhando para seguir assim e vou seguir atrás dos meus objetivos pessoais.”

Leia Também:  Vítima de Chernobyl luta por vaga em Tóquio 35 anos após desastre nuclear

Vina: “Sou cara que desde que cheguei no Ceará disse que queria fazer história. Clube que está crescendo bastante, o Nordeste está crescendo bastante, o Ceará está com planejamento bacana. Fico muito feliz de representar essa região, onde sou muito bem acolhido. Fizemos história. Estou aqui representando todos que me ajudaram a ter destaque.”

Gabigol: “Quero voltar mais (aqui). Um ano diferente para todos jogadores. Foi complicado. Tive algumas lesões que me fizeram ficar para trás (na artilharia). Eu fico (no Flamengo), tenho muita vontade de seguir no Flamengo. Espero que no fim do ano volte para pegar mais prêmios”.

Abel Braga: “Isso é como se eu tivesse representando todos meus colegas, porque tivemos aqui o Fagner, contusão, Marinho, Covid, então foi ano muito atípico, com muitas dificuldades. Todos tiveram que se reinventar. Seja presidentes de clubes, treinadores, jogadores, porque o plano B tinha que surgir muito rápido. Ninguém estava preparado para isso. Aqui fora todos temos que nos respeitar. Eu me sinto honrado por este troféu”.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Copa América no Brasil?

Publicados

em

Foto Internet

As discordâncias entre os depoimentos da infectologista Luana Araújo e da oncologista Nise Yamaguchi foram destaque na CPI da Covid, no Senado.

Na economia, o PIB (Produto Interno Bruto) registrou alta de 1,2% no primeiro trimestre de 2021 em comparação com os três últimos meses do ano passado. Mas a polêmica ficou por conta da decisão de realizar a Copa América no Brasil, de 13 de junho a 10 de julho.

O comando do Exército anunciou nesta quinta-feira (3) que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, não sofrerá punição por ter participado de um ato com o presidente Jair Bolsonaro. Dois dias após a manifestação, ele foi nomeado secretário de Estudos Estratégicos da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.

Após desistência da Colômbia e da Argentina, o Brasil foi anunciado pela Conmebol como sede da Copa América, prevista para começar no dia 13 deste mês.

A informação foi confirmada no dia seguinte pelo presidente Jair Bolsonaro. O torneio não terá público, contará com dez times e será dividido entre Brasília, Cuiabá, Rio de Janeiro e Goiânia.

A final, marcada para 10 de julho, deve acontecer no Maracanã, assim como na edição de 2019. Mas o anúncio provou polêmica, por causa da pandemia de de covid-19.

Sob pressão por causa dos números da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro realizou um pronunciamento na cadeia nacional de rádio e televisão.

Ele voltou a defender ações do governo federal para acelerar a vacinação e citou a marca de 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19. Durante o discurso, diversas capitais brasileiras registraram panelaços.

Em mais uma semana marcada por depoimentos na CPI da Covid, a oncologista Nise Yamaguchi negou ao colegiado que participou de um suposto “gabinete paralelo” para decisões e aconselhamento do presidente Jair Bolsonaro em temas relativos à pandemia.

Leia Também:  Justiça determina que aposentadoria de militar mulher seja equiparada a do colega do sexo masculino

Ela também contradisse o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta sobre suposta tentativa de alterar a bula da cloroquina.

Convocada para falar na CPI após permanecer por apenas 10 dias no Ministério da Saúde, a infectologista Luana Araújo fez críticas duríssimas ao uso da cloroquina e ao tratamento precoce para tratar a covid-19. Segundo ela, o uso do medicamento aumenta em 77% o risco de óbitos em pacientes com a doença.

A atividade econômica no Brasil superou as expectativas e avançou 1,2% no primeiro trimestre de 2021, na comparação com o período entre outubro e dezembro do ano passado.

O dado positivo, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), aponta que o PIB (Produto Interno Bruto) retomou ao patamar pré-pandemia, após três trimestres positivos. O governo comemorou o resultado.

A China confirmou primeiro contágio humano no mundo da cepa H10N3 de gripe aviária.

Um homem de 41 anos deu entrada em um hospital, apresentando febre, na cidade de Zhenjiang, no leste chinês, em 28 de abril, e foi diagnosticado com o vírus um mês depois, declarou a Comissão Nacional de Saúde chinesa (NHC) em comunicado.

A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) recebeu os bancos de células e vírus para a produção do IFA (insumo farmacêutico ativo) 100% nacional para a vacina contra covid-19, da AstraZeneca. A previsão é que em outubro comecem a ser distribuídos os imunizantes fabricados na Bio-Manguinhos.

O Brasil terminou maio com média de 524,8 mil doses de vacinas contra covid-19 aplicadas diariamente (16,27 milhões, no total), conforme dados do Ministério da Saúde. É praticamente a metade do patamar desejado por Marcelo Queiroga.

Cálculos feitos pelo R7 apontam que o país levaria 353 dias para administrar os 185,1 milhões de doses necessárias para imunizar os 92,5 milhões de cidadãos que ainda não receberam a segunda injeção ou nenhuma das duas.

Leia Também:  Mato-grossense é campeã no 47° Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo

Estudo publicado na revista Nature revelou, pela primeira vez, que pessoas que contraíram a doença de forma ligeira ou moderada desenvolvem uma célula imunológica capaz de produzir anticorpos contra o SARS-CoV-2 para o resto da vida. Uma das observações em pessoas infectadas mostra que o nível de anticorpos começa a diminuir após quatro meses .

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgou na quarta-feira (2) o edital com as datas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2021.

Os estudantes terão do dia 30 de junho a 14 de julho para fazer a inscrição.

O valor da taxa é de R$ 85 e deve ser pago até o dia 19 de julho. As provas serão realizadas nos dias 21 e 28 de novembro conforme o ministro da Educação, Milton Ribeiro, havia antecipado.

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) antecipou a realização da primeira fase do vestibular para o dia 7 de novembro. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (2) após a divulgação do calendário do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O período de inscrição começa no dia 2 de agosto.

O MEC (Ministério da Educação) abriu as inscrições para a primeira fase do Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira) 2021. Os interessados tem até o dia 11 de junho para fazer a inscrição. O exame será realizado no dia 5 de setembro.

O MEC (Ministerio da Educação) está oferecendo 136 cursos gratuitos na modalidade EAD (Educação a Distância) por meio da plataforma digital Avamec (Ambiente Virtual de Aprendizagem).

A UFF (Universidade Federal Fluminense) reduziu o número de convocações de estudantes em lista de espera no primeiro semestre letivo deste ano. A instituição informou que a decisão foi tomada para que o calendário, impactado pela pandemia, seja cumprido.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

COLNIZA

CIDADES

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA