COLNIZA

POLÍCIA

PMMT e Sesc realizam evento com atrações musicais e feira gastronômica no 1º Batalhão na Capital

Publicados

em


Para celebrar o mês do Natal, a Polícia Militar em parceria com a Fecomércio e o Sesc Arsenal realizaram, na noite de quarta-feira (01.12), o evento ‘Natal dos Sentimentos’ no 1º Batalhão Daniel de Queiroz, na Capital.  

Atrações musicais e a tradicional feira gastronômica do Sesc Arsenal proporcionaram uma noite agradável à população que participou do acendimento das luzes natalinas do Batalhão Centenário da PMMT.  

Para o comandante–geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, a festividade é uma ótima oportunidade de celebrar a chegada das festas de fim junto com a sociedade e ainda mais proporcionar entretimento dentro da unidade policial.

“É um prazer imenso trazer a população para dentro dos nossos quartéis, ainda mais com essa forte parceria com o Sesc Arsenal de Mato Grosso e a Fecomércio. As famílias que aqui vieram puderam cantar com o nosso Corpo Musical e se divertir, além de provar a feira culinária de comidas típicas”, disse o coronel.  

No palco da festa ‘Natal dos Sentimentos’, o Corpo Musical da PMMT levou alegria junto com artistas como Pescuma, Henrique e Claudinho, Johnny Everson e Ministério de Música Vida e Voz. O morador do bairro Planalto, José Batista de Souza, participou da festa junto com a mulher e os dois filhos.

A diretora de Programas Sociais da Fecomércio/Sesc, Ellen Camargo, conta que a parceria entre o Sesc e a instituição militar busca gerar mais cidadania para a população. “Já estamos juntos há mais de dois anos com o projeto ‘Ouça na Janela’, do Corpo Musical da PMMT. E agora, fizemos este lindo evento junto com a nossa tradicional feira gastronômica”, comemora a diretora.  

  

Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Militar prende suspeito de tortura e tráfico de drogas em Várzea Grande
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil lamenta o falecimento do delegado Adalberto Antônio de Oliveira

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil de Mato Grosso lamenta o falecimento do delegado aposentado Adalberto Antônio de Oliveira, 72 anos, ocorrido nesta sábado (15.01), em Cuiabá.

 

Ele exerceu a profissão por mais de 30 anos e a última lotação do delegado Adalberto foi na Delegacia de Santo Antônio de Leverger. Ele atuou em diversas unidades da Regional de Cuiabá e também no interior de Mato Grosso e é lembrado carinhosamente pelos colegas de trabalho.

O delegado-geral adjunto, Gianmarco Paccola Capoani se recorda do ser humano e profissional exemplar que exerceu suas atividades por 36 anos na Polícia Civil do estado. “Fica nossa eterna gratidão ao Dr. Adalberto que dedicou sua vida à Polícia Civil de Mato Grosso. Um ser humano incrível, amigo de todos e exemplo para todos aqueles que tiveram a honra de conhecê-lo e trata-lo carinhosamente de Betão! Uma perda irreparável à Polícia Civil! Tenho certeza que estará nos braços do Pai!”.

O diretor Metropolitano, delegado Rodrigo Bastos, também externa as condolências pela morte do delegado. “Me lembro de dr. Adalberto desde que entrei na Polícia Civil e ele atuou por muitos anos em cidades da região de Cuiabá, onde sempre tratou a todos com muito respeito”.

Leia Também:  Polícia Militar recupera veículo roubado em Cuiabá

No aniversário em comemoração aos 177 anos da Polícia Civil, realizado em 2019, o delegado Adalberto foi um dos homenageados. Na ocasião, em uma solenidade realizada no auditório da Diretoria Geral da instituição, ele falou do começo da carreira policial e citou momentos marcantes em sua vida profissional e destacou o orgulho de ver os filhos que seguiram o mesmo caminho do pai na Segurança Pública. “Naquele tempo o mais  difícil era investigar. Não tínhamos telefones, não tínhamos internet, era tudo na máquina de escrever. Na minha primeira missão foi mexer com crime de briga de terras (esbulho possessório). Fui baleado e ainda perdi um companheiro investigador. Mas não desisti e graças a Deus estou hoje aqui”.

 

Aos familiares, amigos e colegas de trabalho que o delegado conquistou ao logo de mais de 50 anos de serviço público, 36 deles dedicados à Polícia Civil de Mato Grosso, a instituição externa pesar e condolências.

O corpo do delegado está sendo velado na Sala das Orquídeas, na Capela Jardins, bairro Bandeirantes. O sepultamento será realizado no domingo, às 14h30, no Cemitério da Piedade, na região central de Cuiabá.

Leia Também:  Força Tática prende homem com 50 quilos de maconha

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

COLNIZA

CIDADES

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA