COLNIZA

POLÍTICA

Deputado propõe Comenda Filinto Müller a presidente da República

Publicados

em


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Assentado rural pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) desde 1998, o deputado estadual Gilberto Cattani (PSL) propôs a entrega da comenda Filinto Müller de Mérito Legislativo ao presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) pelo seu trabalho de entregas de títulos de propriedades rurais, prestados a Mato Grosso e ao resto do país.

 A comenda Filinto Müller é considerada a mais alta honraria concedida pelo Poder Legislativo estadual a uma pessoa. Os homenageados pela comenda são considerados membros da Ordem do Mérito Legislativo. 

“Como um assentado da reforma agrária que sou, nosso presidente tem feito coisas imensuráveis a nosso favor. Nós só temos um problema na reforma agrária que é o nosso direito de propriedade. Jair Bolsonaro já entregou o dobro dos últimos quatro governos em  títulos para nós, os pequenos produtores que vivem em áreas de assentamento”, explicou o parlamentar, durante sessão desta quarta-feira (23). 

“Só no Estado do Pará na última ele entregou, recentemente, 50 mil títulos acho muito justo e pertinente. Gostaria de contar com o apoio dos deputados para que esta comenda seja concedida ao nosso presidente da República”, afirmou.

Leia Também:  Thiago Silva realiza neste sábado Gabinete Itinerante em Rondonópolis

A proposta da homenagem precisará passar pela análise da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo à Criança, ao Adolescente e ao Idoso, antes de ser encaminhada ao Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Novo Código de Ética e Disciplina dos militares de Mato Grosso será discutido em audiência pública

Publicados

em


Foto: Marcos Lopes

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso realiza, na próxima segunda-feira (12), às 9 horas, no plenário das deliberações “Deputado Renê Barbour”, audiência pública para debater novo Código de Ética e Disciplina dos militares de Mato Grosso, que tem causado polêmica entre a tropa. 

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, e comandante geral do Corpo de Bombeiros, Alessandro Borges, foram convidados, através de documento aprovado no dia 30 de junho, e assinado pela Comissão de Segurança Pública e Comunitária. 

A convocação, aprovada por iniciativa do deputado estadual Elizeu Nascimento (PSL), que é sargento da PM,  tem o intuito de possibilitar debate mais amplo com relação ao novo código e, ainda, divulgar temas que influenciem a vida da tropa militar de Mato Grosso.

Conforme o deputado Elizeu, a Lei Federal determina que todos os estados brasileiros criem o seu próprio código. Por isso, Governo do Estado enviou à Assembleia projeto de lei que altera regulamento disciplinar dos militares. Mudanças, contudo, desagradam parte da Polícia Militar e dos bombeiros militares de Mato Grosso.

Leia Também:  CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal faz balanço dos trabalhos em reunião

Já confirmaram presença, o sub-tenente Gonzaga, deputado federal pelo estado de Minas Gerais; sub-tenente Helder, presidente da ASPRA de Minas Gerais; sub-tenente Eliabe Marques, deputado estadual do estado Rio Grande do Norte  e Jesuino Boabaid, presidente da Associação dos Praças e Familiares da PM e BM  DO Estado de Rondônia (ASSFPOM).

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

COLNIZA

CIDADES

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA